sexta-feira, 17 de fevereiro de 2012

segunda-feira, 13 de fevereiro de 2012

O amor não vem com manual. Não escolhe hora, nem local... Não escolhe tempo, nem idade! O amor é por si só o mais completo e o mais complexo. Não é experiência, é fato. Não é meio termo, é ou não é. Não precisa de comprovação científica, não é estatística. É capaz de transformar. Adentra espaços nunca habitados em nós. É! E está além de conceitos, tempo e espaço... Não se explica, apenas existe... Em seu abstrato, o amor é o que há de mais concreto...


Karla Fioravante